Translate

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Ciclofaixas 2


Mais ciclofaixas inauguradas. Na rua onde trabalho, já está em operação. Ontem presenciei alguns motoristas que precisam de conscientização. Não quero ficar postando fotos assim. Não vou ser um fiscal das faixas, que não admite nenhuma infração de alguém. Tem gente que passa o sinal vermelho, anda acima da velocidade permitida, estaciona em locais proibidos. Hoje, li num portal que na nova ciclovia da Rua Vergueiro, motociclistas estão utilizando como rota de fuga. Para melhorar isso, em minha opinião, precisamos de respeito e cidadania.

Isso não é uma guerra. Não estamos fazendo inimigos no trânsito. Não vamos ser mais uma turma como os carros e as motos. Não é isso. Não pode ser uma discussão entre comerciantes e ativistas para a implantação de uma nova ciclovia. A sociedade precisa perceber algo mais profundo. A nossa São Paulo não tem mais mobilidade e todo mundo perde com isso.

Nossas ruas e avenidas não comportam mais carros. Não adianta construir uma nova avenida, alargar marginais, o rodoanel. O rodízio há tempos tornou-se apenas uma pequena medida paliativa. Hoje muita gente comprou um segundo carro ou uma moto para “fugir” do rodízio.

Acho que o mais importante para os ciclistas é conscientizar os amigos, colegas de trabalho, os parentes, sobre os benefícios do uso das bicicletas. Diminui os carros nas ruas, diminui pessoas utilizando metrô, ônibus, vans. O tempo da viagem normalmente é mais curto. Não polui o ar que respiramos. A saúde agradece com a prática de exercícios físicos e diminuição do estresse. É muito mais econômico. Além disso, é altamente prazeroso.

No caminho que faço vejo alguns ciclistas circulando e cumprimentando uns aos outros. Sinto um respeito e apoio recíproco. No fundo temos orgulho de ter a oportunidade de contribuir para a cidade, ao mesmo tempo em que estamos nos beneficiando também.

As fotos abaixo, mostram carro forte e ambulância na ciclofaixa. Como disse, não sou fiscal, mas que sirvam como exemplo e que cada vez mais as pessoas percebam a importância das bicicletas na cidade e o respeito a quem contribui para uma vida melhor, porque acima de tudo, é uma questão de segurança.

Quero ressaltar, no entanto, que o percurso que faço eu vejo muito pouco desrespeito com as ciclovias.

E como último comentário deste post, pretendo tirar fotos do meu trajeto e provar que a maioria respeita sim, as ciclovias. Não podemos transformar algumas situações como desrespeito geral. Temos mais é que mostrar que a população em geral aprova, respeita e gostaria de ter a oportunidade de pedalar também.

Até a próxima.






2 comentários:

  1. Olha meu prédio ai na boa vista, preciso de uma bike urgente!

    ResponderExcluir
  2. Junte-se à esse estilo de vida saudável. Vc vai adorar

    ResponderExcluir